sexta-feira, 4 de julho de 2014

Nova Volkswagen Passat apresentada

Eis que chegou o novo Passat: mais espaço, mais qualidade, mais tecnologia, mais potente, estética mais moderna, e ao que parece, menos conservador. Será?


Desta vez a Volkswagen decidiu refazer completamente o Passat. A marca anuncia que 100% das peças do carro, desde os parafusos até à chapa da carroçaria, é tudo novo. Apesar de ser novo, verdade seja dita que continua ligeiramente semelhante ao anterior, mas tem diferenças notáveis. Assim, esta sexta geração simplesmente manteve o que era bom, e conseguiu isso mesmo com uma total renovação de tudo.


O interior nota-se mais jovem e apelativo, para além de ser mais luxuoso. Temos novidades tecnológicas nomeadamente no sistema de entretenimento, que ganha agora um ecrã tátil com várias dimensões de acordo com as funcionalidades disponíveis. Existem também tecnologias de apoio à condução, note-se o o assistente de reboques, que faz manobras sozinho com o atrelado, faróis em LED atrás, a um painel de instrumentos totalmente digital, inspirado no quadrante do Audi TT, entre muitas outras novidades.


Espera-se que este modelo chegue aos concessionários da marca já em Novembro de 2014, tanto a versão Sedan como a Variant (Carrinha).

Tendo por base a plataforma MQB (a mesma do Golf e que no Grupo Volkswagen vai servir, basicamente, para quase todos os futuros modelos das várias marcas), o novo Passat mantém-se como um carro carismático, com o ADN VW, mas que é 100% novo. Nada foi aproveitado da sétima geração e, tudo o que parece semelhante, não é e tem qualquer coisa de diferente


Este novo Passat faz proveito da plataforma MQB assim como o Golf e que no Grupo Volkswagen deverá servir para quase todos os modelos de todas as marcas (com excepção dos citadinos). O Passat tem assim praticamente as mesmas dimensões da geração anterior, com 4,8 metros (apenas menos 2 mm que a anterior). Porém, ganhou na distância entre-eixos, que aumentou 7,9 centímetros. Assim sendo, o novo Passat ganhou também em espaço e habitabilidade.


Quando falamos das bagageiras, notamos um enorme aumento de capacidade em ambas as variantes (Sedan e Variant). Na Variant, temos uma bagageira com 650 litros de capacidade, mais 47 do que a geração anterior, e que superam até a bagageira do Skoda Superb.

A berlina, apesar de não ser assim tão espaçosa, não deixa de ter dimensões bastante generosas, com 586 litros, aumentando 21 litros face à geração anterior.


Quanto a motores, espera-se uma gama 20% mais económica, e onde o destaque irá para os motores Diesel. No lançamento estarão disponíveis o 1.6 TDI de 120 cavalos e o 2.0 TDI de 150 e 190 cavalos. Mais lá para a frente, deverão ficar disponíveis as versões Bluemotion que contarão com a adição de AdBlue para reduzir as emissões. o motor 2.0 Bi TDI de 240 cavalos virá em conjunto com a tração integral 4 Motion e deverá chegar até ao final de 2014. Para 2015 espera-se uma versão plug-in hybrid com 211 cavalos, que resultarão da combinação do motor 1.4 TSI e de um motor elétrico de 80 kW.


Para 2015 espera-se também uma versão aventureira da Passat, a Alltrack. Apesar do novo Passat ainda não ter preços definidos, a Volkswagen acredita que eles poderão ser ainda mais baixos que na geração actual, mas ainda não há nenhuma confirmação.

Sem comentários:

Enviar um comentário