quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Novo Fiat Tipo

Após o grande sucesso que a Fiat tem alcançado com o Fiat 500, 500L e 500X, parece que a marca pretende voltar a colocar os “pés na terra”, e dedicar-se mais uma vez a uma renovação da gama com veículos mais convencionais ao invés dos Fiat 500, começando pelo importante Segmento C.

Fiat-Egea-1

Essa decisão já tinha sido conhecida no plano da marca (ver aqui), tanto que, do lado da balança mais “emocional” tinha colocado a gama 500, e do lado “racional” tinha colocado as futuras novidades, que estamos agora a receber da marca italiana.

Após a Fiat ter apresentado o Egea Concept em Maio de 2015, a marca italiana anunciou agora publicamente que a sua berlina de três-volumes chegará aos concessionários com o nome Egea exclusivamente para a Turquia (local onde será fabricado) já em Dezembro de 2015, e Tipo para o resto da Europa. Espera-se a sua comercialização em Portugal já em Fevereiro de 2016.

Fiat-Egea-3

Este novo Fiat Tipo de 3 volumes é assim a primeira carroçaria de uma futura família de 3 modelos: o Tipo Sedan, o “Tipo” Hatchback, e o “Tipo” Carrinha. Para o Hatchback e para a carrinha ainda não há confirmação acerca dos nomes, ou se farão todos parte da família Tipo. Este novo modelo cuja comercialização arranca em Portugal já em Fevereiro de 2016, tira proveito da nova plataforma do grupo FCA (Fiat Chrysler Automobiles). Outros modelos que também tiram proveito dessa plataforma são o 500L e toda a sua família de monovolumes, assim como o 500X e o seu irmão Jeep Renegade.


Fiat-Tipo-1

Tem 4,54 metros de comprimento, para além de uns bastante espaçosos 520 litros de capacidade na bagageira. A gama de cores do Fiat Tipo na época de lançamento é constituída pela cor Branco Gelato em pastel, e pelas tintas metalizadas Cinzento Colosseo, Vermelho Amore, Preto Cinema, Cinzento Maestro, Bronze Magnetico e Azul Canal Grande.


O grande objetivo deste modelo passa por concorrer diretamente com os segmento C, onde se incluem Golf, Mégane e Astra. A Fiat acredita que este não será o modelo ideal para o fazer, mas o cinco portas (substituto do Bravo) poderá ter bons argumentos.

150521_Fiat_progetto-aegea_05

O objectivo da Fiat com este modelo é concorrer diretamente com todos os modelos de segmento C que lideram as tabelas de ranking na Europa. Nessa fatia de mercado referimo-nos ao Golf, ao Mégane, e até ao Novo Astra. Apesar deste não ser de facto o modelo mais indicado para isso, a versão Hatchback poderá remediar a situação. O papel do Sedan será, em breve, “apresentar” a versão 5 portas, o que pode ser de facto um bom plano.

150521_Fiat_progetto-aegea_04

A marca lança este modelo também com o intuito de trazer as virtudes mais importantes para o mercado de compradores atualmente: um preço mais acessível, assim como muito espaço. Para ajudar nessa missão, a marca optou por acompanhar o lançamento deste modelo em Fevereiro de 2016 com três motores turbodiesel: o 1.3 Multijet de 95 cavalos a Diesel, e o 1.6 Multijet de 120 cavalos, também a Diesel.


O 1.3 Multijet, com um preço-base de 19.300€, está associada uma caixa manual de 5 velocidades, e ao 1.6 Multijet com preços a começar nos 21.300€, está associada uma caixa manual de 6 velocidades. Ainda não há confirmação do 1.4 a Gasolina na data de lançamento.
Os níveis de equipamento também são três: Pop, Easy e Lounge. É também curioso salientar que em Portugal os preços do Fiat Tipo começam nos 19.300€, e em Itália começam nos 12.500€, muito mais acessível que em Portugal.


História da Designação "Tipo":

A Fiat recupera assim o nome Tipo, que sempre foi um nome bastante revelante (assim como o 500) na história da Fiat. A designação “Tipo” conquistou a fama dos mercados primeiramente nos velhos tempos de 1910, onde foi um nome que identificava cinco modelos da marca, assim como atualmente a designação 500 representa três modelos da marca.


Mais tarde em 1988, “Tipo” foi uma designação também usada para o hatchback Tipo (na imagem) que de 1988 até 1999 vendeu 2 milhões de unidades. Este nome serve agora novamente para o substituto do Linea no segmento C.

Sem comentários:

Enviar um comentário