quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Novidade: Citroën E-Méhari

A Citroën pretende agora lançar no mercado um novo veículo elétrico de quatro lugares e duas portas descapotável, cujo design remete ao icónico modelo da marca francesa, o Méhari.


Este novo modelo chama-se E-Méhari e deve estar no mercado já na primavera de 2016. A marca descreve este novo modelo como um veículo “com estilo, confiante, excêntrico e até atrevido”.  Este modelo tem como público alvo quem procura um carro alternativo na estética, e que seja bom para o ambiente. Para cumprir essa façanha, a marca optou por instalar um motor elétrico alimentado por baterias de polímero de lítio metal que oferecem ao veículo uma autonomia de 200km com uma velocidade máxima de 110 km/h. O carregamento das baterias numa estação de carregamento adequada demora aproximadamente oito horas, e através de uma tomada doméstica demora  13 horas.


Este sistema elétrico foi desenvolvido em parceria com o grupo Bolloré, e deverá ter um custo de 25 mil euros, ao qual acrescem os impostos e o custo das baterias, que acaba por ficar por 79 euros por mês, o que pode ser um pouco exagerado para um carro destas dimensões. Porém, nem tudo é mau pois ao adquirir este veículo 100% elétrico temos direito a receber 6300 euros do Estado.


Tal como a BMW fez com a Mini, ou a Volkswagen fez com o Carocha, a Citroën decidiu renovar este icónico modelo. Assim como os outros modelos, a Citroën decidiu ter um aspecto semelhante ao do anterior, mas não é por isso que o modelo ficou indiferente à estética mais moderna da atual Citroën. Notam-se bastantes semelhanças com o Citroën C4 Cactus, e também com o Concept Cactus M, que foi o que originou este modelo.


O Cactus M foi um concept apresentado no Salão Automóvel de Frankfurt em Setembro de 2015, e, pelas palavras da marca, é um concept que evoca a liberdade, a evasão e o bem-estar. E o novo E-Méhari recupera também algum desse espírito inovador e jovial.


Quanto à estética, o E-Méhari conta com uma silhueta elevada, que conta com alguns plásticos escuros em redor do veículo, nos para-choques, nas saias laterais, e guarda-lamas, o que recorda o antigo Méhari que, apesar de não ter plásticos à volta da carroçaria para ser um jipe, contava com bastantes capacidades de SUV, portanto notamos aqui uma ponte de estética do antigo Méhari para o novo.



A personalização deste veículo é, sem dúvida, imensa. Temos à nossa disposição 4 “joviais” cores de carroçaria: um azul que supostamente “convida à envasão”, um laranja “gerador de energia e de otimismo”, um amarelo “revigorante”, e um bege “elegante”.


Esta é a descrição que a marca dá a cada uma das cores do E-Méhari que, sem “tretas” são: Azul claro, laranja, amarelo e bege.

A tela do tejadilho também pode ter várias cores: Preto ou vermelho.

Quanto ao interior, podemos optar por um bege natural ou outro, com um visual mais moderno com tons vermelho-alaranjado.


O modelo terá interiores à prova de água, para poder ser conduzido com capota ou sem capota, e painéis em plástico deformável.


Pelas palavras da marca, “O design exterior do E-MEHARI inscreve-se completamente no posicionamento da CITROËN. Nele encontramos os códigos estilísticos da marca”.



Sem comentários:

Enviar um comentário