sábado, 30 de janeiro de 2016

Ford B-Max com nova versão “Colour Edition”


Durante o ano de 2016, a Ford vai focar-se de novo no Ford B-Max. Para isso, a marca decidiu criar uma nova versão de topo para esta gama, a Colour Edition.

A grande novidade desta versão é o motor de três cilindros a gasolina 1.0 Ecoboost com 140 cv. Anuncia uma capacidade de acelerar de 0 a 100 km/h em 10,4 segundos. Equipado de série com um sistema Start & Stop, anuncia consumos de 5 l/100 km e emissões de CO2 de 116 g/km.


Quanto à estética, o Colour Edition está disponível em dez cores com tejadilho. Conta com capas para os espelhos, e a grelha frontal em preto contrastante. Destaque ainda para as jantes de 16 polegadas, proteções da carroçaria à frente e atrás em preto, para além de um novo spoiler na tampa da mala.


Quanto ao interior, temos o sistema de controlo por voz Sync, para além do ecrã de cinco polegadas (opcional). Para além desse leque de opções tecnológicas, temos também o pacote Cognac, que acrescenta pespontos castanhos em várias partes do interior como os bancos, volante, manete da caixa de velocidades, assim como os tapetes.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Fardier de Cugnot - O primeiro automóvel do Mundo.


Em 1769, Nicolas-Joseph Cugnot, um inventor francês, decidiu construir o primeiro automóvel do mundo. Muitas pessoas acham que o primeiro automóvel foi o Mercedes Benz Motorwagen, mas no entanto esse veículo foi apenas o primeiro automóvel movido a combustão, pois já tinham existido veículos a motor, apesar de não serem a combustão.
 


Assim sendo, destaque para a Fardier de Cugnot: aquele que é, verdadeiramente, o primeiro automóvel do mundo. O seu método de propulsão? O vapor. Este veículo tinha uma espécie de forno na frente do veículo, que criava o vapor. No entanto, o veículo sofreu um acidente, representado neste vídeo:


Atualmente, ainda existe uma unidade da Fardier de Cugnot, que está em exposição num museu.
 
E, como é possível ver neste vídeo, já foi posto a trabalhar mais recentemente, em 2011.

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Primeiras fotos do DS 3 reveladas na Internet


Depois do DS 5 e do DS 4 é a vez de vestir o DS 3 com a pele da nova identidade da marca premium do grupo PSA, a DS, que se "desmembrou" da Citroën, e se transformou recentemente numa marca independente.


Este DS 3 entra em ação na primavera e a novidade de passar a contar com o motor a gasolina 1.2 Puretech de 130 cv, a juntar ao 1.2 Puretech de 82 cv, 1.2 Puretech de 110 cv, 1.6 THP de 165 cv, e os Diesel 1.6 BlueHDI de 100 e 120 cv. Novidade é também a adoção do 1.6 THP de 208 cv (do Peugeot 208 GTI), que passa a integrar a versão DS 3 Performance, que também está presente no DS 3 Cabrio – a carroçaria que usa um tejadilho “tonneau” que pode ser dobrado até à traseira, de forma automática e em andamento, a velocidades não superiores a 123 km/h.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Hyundai desvenda Ioniq


A Hyundai decidiu apresentar hoje, dia 14 de Janeiro de 2016, o seu novo modelo ecológico, com uma shilhueta bastante semelhante com o Hyundai Veloster. O princpla concorrente deste novo modelo será o Toyota Prius. A principal curiosidade deste modelo é que, na mesma plataforma vai conjugar as variantes: híbrida, híbrida plug-in e elétrica.

Espera-se que a primeira versão a chegar ao mercado seja a versão Híbrida, cujo lançamento espera-se para o final do versão de 2016. A apresentação oficial ao público deste veículo que faz proveito de uma nova plataforma da Hyundai exclusiva para veículos Híbridos e Elétricos, deverá decorrer no Salão de Genebra, na Suíça, que está agendado para Março de 2016.


De aspeto futurista e silhueta coupé o Ioniq anuncia um coeficiente aerodinâmico de 0,24. No interior, é compatível com o sistema Apple CarPlay e Android Auto, sendo dotado de um painel de instrumentos com um ecrã de 7 polegadas. Em termos tecnológicos destaque para o sistema de travagem de emergência, por exemplo. O Ioniq estará disponível em nove cores exteriores e com três opções distintas de interior.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Sketch de camião Volvo aparece na Internet

Apareceu recentemente na Internet um Sketch de um camião Volvo com 4 eixos. É sem dúvida uma imagem bastante interessante, caso se revele ser realmente uma versão mais robusta, ou uma nova geração do Volvo FMX, ou apenas um estudo de design da marca, que possa vir a revelar linhas dos futuros modelos.


Assim sendo, a veracidade deste documento é incerta, mas sem dúvida que é interessante. Para além disso, é muito provável que este desenho apresente as linhas estéticas que serão colocadas no Volvo FH com Facelift. Como se isso não bastasse, na grelha consta a designação "850". Será isso um indício de que a Volvo pretende um motor mais potente que o 750, mas que privilegie a robustez e a força, ao invés da velocidade?

Fonte da imagem: Iepieleaks (http://iepieleaks.nl/interesting-volvo-styling-study/)

Kia apresenta SUV Telluride


A Kia aproveitou o Salão de Detroit de 2016 para apresentar um estudo de design (concept-car) que poderá dar origem a um SUV de topo, com dimensões semelhantes às do Audi Q7. O luxo também não falta neste concept, tanto que este concept conta com materiais mais luxuosos, um novo sistema de infotainment sensível ao toque com sistema de carregamento de dispositivos móveis via wireless e um comando na consola central para que o passageiro possa também operar o sistema.



Destaque também para um sistema de bem-estar (wellness), que já tinha sido anunciado pela marca anteriormente. O sistema de bem-estar encontra-se sincronizado com o sistema Light Emitted Rejuvenation, que consiste num painel em LED em forma de asa, localizado debaixo do teto panorâmico. Este emite uma luz com fins terapêuticos que ajuda a minimizar os efeitos do jet lag e melhorar os níveis de energia dos passageiros. Por fim, há um sistema de som com sete altifalantes da Harman Kardon e um conjunto de auscultadores.


Quanto às dimensões, são absolutamente monstruosas: Com 5001 mm de comprimento, 2029 mm de largura e 1800 mm de altura, que albergam 7 lugares no habitáculo, para além de uma distância entre eixos superior à do Sorento, este concept poderá dar origem a um sucessor do Kia Borrego, um SUV topo-de-gama que a Kia comercializou no mercado Norte-Americano à alguns anos. Este concept, se chegar às linhas de produção, será direcionado exclusivamente ao mercado norte-americano.


Foi desenhado pelo centro de design norte-americano da marca coreana, pretendendo simultaneamente explorar uma nova direção da estética, mas também desvendar soluções tecnológicas a implementar em modelos de produção mais brevemente. Destaque para as jantes de 22 polegadas, uma estética bastante musculada, e portas traseiras suicidas (abrem no sentido oposto). Destacam-se também vários componentes feitos numa Impressora 3D.


O sistema propulsor é híbrido, formado por um motor térmico V6 3.5 naturalmente aspirado de injeção direta com 270 cv e por um bloco elétrico com 130 cv. A potência combinada é de 400 cv. Com tração integral, anuncia consumos de 6,5 l/100 km.


terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Audi apresenta SUV movido a Hidrogénio

Audi revelou no dia 12 de Janeiro de 2016, no Salão de Detroit, um novo Concept "irmão" do Concept E-Tron, mas que, ao invés de ter propulsão a Eletricidade, usa o Hidrogénio.


Clique em "Ler Mais" para ler a notícia.

Lotus cria divisão de personalização


À semelhança de marcas como a Jaguar e Land Rover (ver aqui), a Lotus decidiu também criar uma divisão de personalização para veículos novos ou usados da Lotus, cujos proprietários decidam personalizar, seja no interior como no exterior.


Este novo serviço de personalização contempla um vasto leque de personalizações estéticas. Mas para além da estética, esta divisão que a Lotus apelidou de "Exclusive" também se vai dedicar a preparar as viaturas para competição. As opções vão ao mais ínfimo pormenor, sendo que o cliente pode acompanhar o resultado juntamente com a equipa da Lotus Exclusive no quartel-general da marca. Desde cores, decalques na carroçaria e couro pespontado.


Apesar de para já o programa estar disponível apenas na Europa, este programa pode ser utilizado em todos os modelos da marca, desde o mais clássico até ao mais banal, passando pelos mais raros Lotus, nomeadamente o Lotus 3-Eleven.

Audi mostra A4 Allroad 2016


A Audi decidiu aproveitar também o Salão de Detroit para mostra o novo Audi A4 Allroad, a versão "crossover" da Audi A4, com adaptações para terrenos mais agrestes como estradas de terra batida. Para isso, conta com mais 34 milímetros de altura ao solo, assim como uma nova versão do Audi Drive Select, que tem agora um modo de condução fora de estrada junto aos já existentes.


Em termos de chassis, as maiores mudanças incidem na suspensão traseira multibraços de formato trapezoidal e na dianteira que conta uma versão atualizada da suspensão do tipo MacPherson, com cinco ligações.


Assim como acontece no Audi A4 normal, a variante Allroad teve também novidades tecnológicas. É de salientar novos sistemas de segurança e de assistência à condução, nomeadamente de assistência de eficiência preventiva, aviso de saída de faixa e cruise control adaptativo com assistente para engarrafamentos. É de salientar o assistente de manobras com reboque.


Esta viatura chegará ao mercado nacional em Abril de 2016. Os preços ainda não são conhecidos, mas deverão rondar os 50.000€, já que a A4 Avant normal terá preços a começar nos 43.000€.


Quanto à estética, são de salientar alguns detalhes como as jantes de 17 polegadas (as jantes de 19 polegadas são opcionais), protações em plástico em redor da carroçaria, para além das barras de tejadilho, difusor traseiro especial e ambos os párachoques redesenhados.


Dispõe do motor a gasolina 2.0 TFSI com 252 cv e de cinco opções Diesel: 2.0 TDI com 150, 163 e 190 cv, 3.0 TDI com 218 e 272 cv. A marca alemã diz que conseguiu reduzir as emissões de CO2 até 21 g/km. Os motores podem ser acoplados a uma caixa manual de seis velocidades, à nova caixa de dupla embraiagem S tronic de sete velocidades ou à reconfigurada automática tiptronic de oito relações.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Volkswagen Tiguan GTE Active Concept apresentado no Salão de Detroit


A Volkswagen está hoje a apresentar no Salão de Detroit um novo concept baseado no Volkswagen Tiguan, denominado de Tiguan GTE Active. Ele deverá dar origem à futura versão comprida do Tiguan, com 7 lugares. O mercado principal deste modelo deverá ser os Estados Unidos. Este é uma evolução do Concept Tiguan GTE apresentado anteriormente em Frankfurt, com o qual partilha o nome. Ele é baseado também na segunda geração do Tiguan, cuja produção arrancará no final de 2016.


Ele conta com uma estética off-road. Para ajudar a esse aspeto, contamos com  jantes maiores, pneus de fora de estrada, maior altura ao solo (passando de 180 para 225 mm), proteções em plástico da carroçaria e o sistema de tração integral 4Motion. Mas a Volkswagen não ficou pela estética: O ângulo de ataque foi melhorado de 25,6 para 26,1 graus, o ângulo de saída de 24,7 para 29,9 graus e o ângulo ventral de 20 para 24,7 graus.


Já quanto a motorizações, é de salientar a propulsão híbrida deste modelo, assim como o nome indica. Este Tiguan GTE usa na verdade um sistema ligeiramente diferente do usado no Golf GTE. Este concept resulta assim do combinado de dois motores elétricos (um para cada eixo) e um motor de combustão. O motor a combustão é o 1.4 TSI turbo a gasolina com 148 cavalos de potência. Já quanto aos motores elétricos: O motor do eixo dianteiro tem 54 cavalos e o motor do eixo traseiro tem 114 cavalos.


Este veículo vem com uma caixa DSG automática de dupla embraiagem de seis velocidades. Dependendo do modo de condução selecionado (On-road, Off-road, Sport, Snow, Charge e Battery Hold) e das condições do piso, este Tiguan pode andar com tração dianteira, traseira ou integral.


É de salientar também que este veículo pode circular apenas em modo elétrico. Porém, com esse modo ativado, a autonomia passa para uns meros 32 quilómetros à hora, quando em modo Híbrido (todos os motores em funcionamento) obtém-se já 870 quilómetros de autonomia.


Este modelo faz proveito de uma nova plataforma da Volkswagen exclusiva para veículos elétricos, e assim sendo as baterias estão posicionadas no chão. Essas baterias que alimentam os motores elétricos têm 12,4 kWh de capacidade. Já quanto a consumos, espera-se que rondem os 3,1 l/100 km.


Já quanto a performances, a Volkswagen anuncia uma acelaração dos 0-100 km em 6,4 segundos, e uma velocidade máxima de 193 km/h.  No interior, este Tiguan GTE Active concept conta com um novo sistema de infotainment com ecrã de 9,2 polegadas que pode funcionar com um sistema de controlo por gestos. A VW aproveitou também o Salão de Detroit para anunciar que pretende lançar 20 novos híbridos plug-in ou elétricos em todo o mundo até 2020.

domingo, 10 de janeiro de 2016

Volkswagen desvenda veículo elétrico no CES


A seguir ao Beetle, a Pão-de-Forma é de facto um dos veículos mais icónicos da história da Volkswagen. Assim sendo, a marca já tinha feito um concept em 2011 (o Volkswagen Bulli) que poderia anunciar a chegada de uma nova Pão de Forma. Porém, a marca decidiu atrasar os planos, e está agora a apresentar uma evolução desse concept, movida 100% a eletricidade.


O Budd e-concept é assim o novo concept 100% elétrico desvendado no início de Janeiro de 2016 no CES, em Los Angeles. Ele é uma evolução do concept Bulli apresentado em 2011. Este novo concept revela uma silhueta bastante compacta. Trata-se de um pequeno monovolume de tração integral que poderá ter uma versão de produção em 2019. Mas para além disso, é também um veículo repleto de inovações tecnológicas que poderão ser aplicadas mais brevemente a veículos de produção.


Ele apresenta-se ao público com a nova plataforma modular para modelos elétricos do grupo Volkswagen, denominda Modular Eletric Toolkit) e estará em produção na próxima geração de modelos elétricos (que vão do Up ao Passat, incluindo o Golf). Este novo concept conta com baterias com 101 kWh de capacidade proporcionando uma autonomia de aproximadamente 600 km, superando bastante a concorrência. De acordo com a marca, as baterias carregam 80% em apenas 15 minutos.


Toda a iluminação deste veículo é feita com Led’s. A nova plataforma permite reduzir o espaço normalmente ocupado pelos motores elétricos e baterias, deixando mais espaço no interior do habitáculo para os ocupantes. As baterias ficam alojadas no piso da viatura, e contamos com dois motores elétricos, um para cada eixo.

Já quanto ao habitáculo, destaca-se o lugar do pendura, que tem a invulgar possibilidade de rodar num ângulo de 180 graus. Na parte traseira do habitáculo existe ao invés dos habituais bancos, um grande sofá em forma de L, que transmite conforto ao interior deste concept.


Neste concept, é de salientar a conetividade e o infointainment, outra das caraterísticas deste Budd-e concept. Isto pois ele consegue-se ligar-se a dispositivos domésticos ou mesmo no escritório. À frente do condutor há três ecrãs totalmente personalizáveis, controlados por gestos, tacto (ecrãs tácteis) e comandos de voz, o que faz com que não seja necessária a existência de quaisquer botões no habitáculo deste concept. Os comandos por gestos também podem ser utilizados pelo passageiro do pendura.


No interior, há câmaras que reconhecem quando os ocupantes dos lugares traseiros se levantam para sair, abrindo automaticamente as portas deslizantes laterais. E a bagageira pode ser aberta apenas passando o pé debaixo do párachoques traseiro. 


Também é possível abrir as portas deslizantes do lado de fora com um método inovador:


Destaque também para umas pequenas gavetas que são acomodadas no párachoques traseiro:


sábado, 9 de janeiro de 2016

Bentley revela Monster Continental GT


A Bentley aproveitou o CES (Consumer Eletronics Show) para apresentar uma nova versão especial do Continental GT, a Monster. Assim como o nome indica, destaca-se o sistema de som desenvolvido pela Monster Cable de última geração com 3400 watts. É composto por altifalantes da Monster, afinados pessoalmente pelo seu responsável, Noel Lee. Outros destaques vão para os auscultadores sem fios da Monster em ouro de 24 quilates.

Viatura em exposição no CES (Consumer Eletronics Show)

Já quanto à estética, a Bentley preparou exclusivamente para esta versão uma pintura em preto com detalhes em vermelho na grelha e nas saias. Este é o único esquema de cores disponível para este Bentley. Já o interior é completamente vermelho, apenas com pequenos apontamentos de preto na consola central. O motor escolhido para esta versão foi o V8 4.0 Biturbo com 500 cavalos e 660 Nm de binário.