segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Volkswagen Tiguan GTE Active Concept apresentado no Salão de Detroit


A Volkswagen está hoje a apresentar no Salão de Detroit um novo concept baseado no Volkswagen Tiguan, denominado de Tiguan GTE Active. Ele deverá dar origem à futura versão comprida do Tiguan, com 7 lugares. O mercado principal deste modelo deverá ser os Estados Unidos. Este é uma evolução do Concept Tiguan GTE apresentado anteriormente em Frankfurt, com o qual partilha o nome. Ele é baseado também na segunda geração do Tiguan, cuja produção arrancará no final de 2016.


Ele conta com uma estética off-road. Para ajudar a esse aspeto, contamos com  jantes maiores, pneus de fora de estrada, maior altura ao solo (passando de 180 para 225 mm), proteções em plástico da carroçaria e o sistema de tração integral 4Motion. Mas a Volkswagen não ficou pela estética: O ângulo de ataque foi melhorado de 25,6 para 26,1 graus, o ângulo de saída de 24,7 para 29,9 graus e o ângulo ventral de 20 para 24,7 graus.


Já quanto a motorizações, é de salientar a propulsão híbrida deste modelo, assim como o nome indica. Este Tiguan GTE usa na verdade um sistema ligeiramente diferente do usado no Golf GTE. Este concept resulta assim do combinado de dois motores elétricos (um para cada eixo) e um motor de combustão. O motor a combustão é o 1.4 TSI turbo a gasolina com 148 cavalos de potência. Já quanto aos motores elétricos: O motor do eixo dianteiro tem 54 cavalos e o motor do eixo traseiro tem 114 cavalos.


Este veículo vem com uma caixa DSG automática de dupla embraiagem de seis velocidades. Dependendo do modo de condução selecionado (On-road, Off-road, Sport, Snow, Charge e Battery Hold) e das condições do piso, este Tiguan pode andar com tração dianteira, traseira ou integral.


É de salientar também que este veículo pode circular apenas em modo elétrico. Porém, com esse modo ativado, a autonomia passa para uns meros 32 quilómetros à hora, quando em modo Híbrido (todos os motores em funcionamento) obtém-se já 870 quilómetros de autonomia.


Este modelo faz proveito de uma nova plataforma da Volkswagen exclusiva para veículos elétricos, e assim sendo as baterias estão posicionadas no chão. Essas baterias que alimentam os motores elétricos têm 12,4 kWh de capacidade. Já quanto a consumos, espera-se que rondem os 3,1 l/100 km.


Já quanto a performances, a Volkswagen anuncia uma acelaração dos 0-100 km em 6,4 segundos, e uma velocidade máxima de 193 km/h.  No interior, este Tiguan GTE Active concept conta com um novo sistema de infotainment com ecrã de 9,2 polegadas que pode funcionar com um sistema de controlo por gestos. A VW aproveitou também o Salão de Detroit para anunciar que pretende lançar 20 novos híbridos plug-in ou elétricos em todo o mundo até 2020.

Sem comentários:

Enviar um comentário